NOTÍCIAS

Academia Brasileira de Eventos e Turismo seleciona primeira turma para estágios no Brasil e exterior VOLTAR PARA NOTÍCIAS

Data: 2015

Academia Brasileira de Eventos e Turismo seleciona primeira turma para estágios no Brasil e exterior

 

 Em programa educacional inédito,universitários dos cursos de Eventos, Turismo, Administração, Comunicação Social e Relações Internacionais, terão oportunidade de trabalhar em pavilhões,promotoras e montadoras em São Paulo, na Alemanha e em Portugal

 

A Academia Brasileira de Eventos e Turismo acaba de selecionar os primeiros universitários dos cursos de Turismo, Eventos, Administração, Comunicação Social, Relações Públicas e Relações Internacionais de quatro universidades de São Paulo que participarão de um mês de estágio em promotoras, pavilhões e montadoras na capital e no exterior.  O programa é promovido pela Academia por meio de seu Projeto Educacional, recém-criado para aproximar universidade se mercado.

Na última semana, uma comissão julgadora composta pelo presidente da Entidade, Sergio Pasqualin, pelos diretores e Acadêmicos Marisa Canton, Sergio Junqueira Arantes,  Romano Pansera, José Estevão Cocco e Roosevelt Hamam, analisou currículos, redações e entrevistou alunos indicados pela FAAP, Senac, Anhembi Morumbi e ESPM, para a composição da primeira turma premiada com as oportunidades de estágio nacional e visita técnica monitorada internacional, no mercado de feiras.

Além das universidades e faculdades citadas, dez empresas brasileiras já são parceiras do programa recebendo os estagiários selecionados para esta primeira turma, as promotoras APAS, APCD, Couromoda, Francal e Laço; as montadoras Cas Stands, Estrutural e Hotma; e os pavilhões Expo Center Norte e Transamérica. Fora do país, os alunos conhecerão a Messe Düsseldorf, um dos maiores espaços para eventos do mundo,localizado na Alemanha, e o Exponor, na cidade do Porto, em Portugal.

“A Academia ficou lisonjeada pela participação das universidades, que encaminharam seus alunos para esta primeira seleção, estamos satisfeitos com o resultado”, comemorou Marisa Canton, coordenadora do Projeto, que também é docente das disciplinas de Gestão de Eventos e Gestão de Empreendimentos Turísticos na FGV/SP. “O Projeto Educacional da Academia atende a uma necessidade urgente de uma complementariedade e sinergia entre o mercado e a universidade. Seu objetivo é unir os dois e preencher o vácuo que ainda existe no sistema educacional brasileiro”, afirmou Junqueira Arantes.

 

Participaram da primeira seletiva 14 alunos candidatos das quatro instituições. Foram selecionados quatro universitários, um de cada instituição inscrita, que iniciaram o programa de estágios em São Paulo e, na sequência, serão enviados ao exterior,para conhecerem o modelo praticado em outros países, com despesas totalmente custeadas pela Entidade. “Nossa intenção é completarmos 10 alunos selecionados ao Programa ainda este ano”, afirma presidente da Academia, Sergio Pasqualin.

 

Para Giuliana Davanzo, aluna do 6º Semestre de Relações Internacionais da ESPM, uma das aprovadas para a primeira turma, o programa da Academia “é uma oportunidade única de adquirir experiência profissional e diferente, especialmente pela chance de passar alguns dias fora do país a trabalho”.

 

“Tivemos excelentes candidatos, a escolha foi difícil, mas escolhemos aqueles que poderão, nesta primeira edição, representar o Brasil e suas faculdades num conhecimento mais profundo sobre eventos, turismo e feiras de um modo geral”, disse Romano Pansera.

 

O próximo passo será a formalização do processo de divulgação e inscrições para o segundo grupo, cujo programa será realizado nos meses de janeiro de 2016, em São Paulo, e fevereiro, no exterior. “Nossa proposta para o primeiro semestre do ano que vem é que 40 alunos venham participar das inscrições ao Programa, ou seja, oito por instituição, com a inclusão da EAESP-FGV – Escola de Administração da Fundação Getúlio Vargas”.

 

“Essas pessoas que participarem do programa não vão simplesmente ficar um mês aqui, uma quinzena lá fora, voltar e acabou. Para cada grupo de alunos será eleito um Mentor pela Academia, que fará o acompanhamento desses profissionais ao longo do tempo.Isso é um diferencial, principalmente para estimular o interesse pelo nosso setor nas faculdades”, complementou Pasqualin.

 

Sobre a Academia

Iniciativa inédita no Brasil, a Academia Brasileira de Eventos e Turismo foi inaugurada em fevereiro 2006, trazendo, por meio de ações inéditas e programadas, a integração de esforços para a implementação do setor a nível nacional e internacional, de forma a evidenciar e prestigiar seu crescimento e competências de maneira sustentável e ética. À semelhança de outras Academias no Brasil e no mundo, seu quadro é constituído por um Colégio Acadêmico que,atualmente é composto por 36 profissionais, representantes notórios de todos os segmentos que compõem a cadeia produtiva dos setores dos Eventos e Turismo. Entre suas principais ações, instituiu o Dia do Profissional de Eventos,comemorado em todo o país desde 2014, oficialmente, todo dia 30 de abril, bem como a instalação de seu Centro Cultural com Biblioteca Nacional de Eventos e Museu, em vias de abertura. Outros detalhes: 

http://www.academiaeventosturismo.org.br

 

Informações à Imprensa

CBS Comunicação

Camila Barini

Camila@cbscom.jor.br

(11)4933-0655/ 98478-3776 – WhatsAPP

Skype:cbscom