EDUARDO GONÇALVES RIBEIRO – CADEIRA 15

EDUARDO GONÇALVES RIBEIRO – CADEIRA 15

Eduardo Gonçalves Ribeiro (São Luís, 18 de setembro de 1862 — Manaus, 14 de outubro de 1900) foi um político brasileiro. Foi o Governador do Amazonas de 2 de novembro de 1890 a 5 de maio de 1891, e de 27 de fevereiro de 1892 a 23 de julho de 1896, sendo o primeiro negro a governar o Amazonas. Em seu governo foi responsável por agilizar e terminar a construção do Teatro Amazonas e muitas das outras obras de urbanização da cidade de Manaus, entre elas o Reservatório do Mocó, a Ponte Pênsil Benjamin Constant e o Palácio da Justiça do Amazonas, dando-lhe alcunha para a capital do Amazonas de “Paris dos Trópicos”, em honra a sua memória foi nomeado uma avenida de Manaus, a inscrição na fachada direita e o palco do Teatro Amazonas em seu nome, sua residência em Manaus foi transformada num museu.

FRANCISCO MATARAZZO SOBRINHO – CADEIRA 01

Brásilio Machado Neto – Cadeira 24

AMÉLIA WHITAKER OLIVEIRA – CADEIRA 23

Joaquim Marques – Cadeira 34