Fernando Elimelek

FERNANDO ELIMELEK – CADEIRA 15

Data de posse: a determinar

Nascido no Egito, de origem turca e espanhola, Fernando Elimelek chegou as Brasil em 1957. Trabalhou na Alcantara Machado de 1965 a 2015, onde iniciou vendendo o Projeto do Anhembi, e na sequência atuou no Salão da Criança, Salão do Automóvel e outros eventos na empresa.

 

Em 1973, levou o PlayCenter, que estava iniciando suas atividades, para dentro do Salão da Criança. Foi um enorme sucesso. Daí passou a trabalhar no PlayCenter, como diretor de marketing, cargo que ocupou por mais de 10 anos. Nesse período criou PlayCenter´s em outras cidades e países. E, ajudou a criar o Hopi Hari, sendo responsável pela arrecadação dos milhões que o viabilizaram (US$82 milhões). Em 1984 criou a PlayCorp, continuando a prestar serviços para o PlayCenter.

 

Em 1987 foi eleito Profissional do Ano pela TV Globo.

 

É parceiro de Roberto Medina no Rock’in Rio desde sua primeira edição. No II Rock’in Rio foi responsável por uma operação monstro da Coca-Cola. Criou um evento precursor das Fifa Fan Fest, criando uma mega-tela na fachada do Mappin, na área mais central da cidade de São Paulo. Em todas as Copas do Mundo seguintes realizou Fifa Fan Fest, tendo entrado para o Guiness Book, com 80.000 pessoas por dia durante um mês. Em 10 edições, foram assistidas por 1,5 milhões de pessoas, gerando um faturamento de R$1 bilhão por ano, R$10 bilhões no total.

 

Em 1996 criou o Reveillon da Paulista, iniciando com 200 mil pessoas, alcançando nos últimos 10 anos mais de 2 milhões de pessoas por edição.

 

Além destes megaeventos, a PlayCorp realizou:

  • Skol Sensation – 5 edições

  • Cielo de Havana – 30 dias em Campos do Jordão, 1.500 pessoas por noite

  • Rio e SP Harley Days – Marina da Glória – 40.000 pessoas

  • Disney na Paulista – 2008

  • Coke in Concert – Sting na Arena Anhembi

  • Centenario do Corinthians

  • Arraial no Memorial à América Latina – 2005

  • Diner en Blanc – 1.500 pessoas

  • Maratona no Deserto do Saara

  • Le Mans São Paulo

E mais milhares de eventos realizados nos 37 anos desde que criou a PlayCorp. Para mais informações sobre o novo Acadêmico, confira a edição 79 da Revista Eventos.

 

 

CADEIRA nº 15 – ACADÊMICO FUNDADOR

ERALDO ALVES DA CRUZ

 

Eraldo Alves da Cruz foi eleito Acadêmico Fundador da Cadeira nº 15 no ano de 2007 e tomou posse como membro da Academia Brasileira de Eventos e Turismo no dia 26 de fevereiro de 2007, em cerimônia realizada no então Caesar Park Vila Olímpia, hoje Pullman São Paulo Vila Olímpia. A Cerimônia de Posse de Eraldo foi comandada pelo então presidente da Academia Brasileira de Eventos e Turismo, José Rafael Guagliardi.

 

Sobrinho do fundador do Eron Brasília Hotel, do qual foi vice-presidente de 1976 até 2007, Eraldo Alves da Cruz foi presidente da ABIH Nacional – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de 2004 à 2007. Na época, por ocasião dos 70 Anos da ABIH, em sua Edição 46, a Revista Eventos publicou uma matéria de capa, contando a história da entidade e um perfil do seu então presidente.

 

Em dezembro de 2007 aceitou o convite para integrar os quadros da CNC – Confederação Nacional do Comércio, Serviços e Turismo, como Assessor para Assuntos Institucionais e Turismo. Em 2009 assumiu como Secretario Executivo do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da CNC, cargo que ocupou até seu falecimento.

 

Em toda sua trajetória, e principalmente nos anos que ocupou a presidência da ABIH e nos mais de dez anos que atuou na CNC, o acadêmico foi um dos nomes mais atuantes pelo turismo e hospitalidade nacional, deixando um grande legado para o setor.

 

Ao longo de sua carreira, Eraldo Alves da Cruz também foi diretor e vice-presidente da Fecomércio-DF – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal; fundador e presidente do Sindetur-DF – Sindicato das Empresas de Turismo do Distrito Federal; 1º vice-presidente do Sindhobar-DF – Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Distrito Federal;

 

Dia 27 de setembro celebra-se o Dia Mundial do Turismo. No dia seguinte, 28 de setembro de 2020, faleceu o inesquecível acadêmico Eraldo Alves da Cruz.