Anya Ribeiro de Carvalho

ANYA RIBEIRO DE CARVALHO – CADEIRA 13

Com formação multidisciplinar, Anya Ribeiro é bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Ceará, e em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará, possui MBA em Planejamento, Gestão e Marketing pela Universidade de Brasília.

 

Tem 48 anos de experiência profissional o que lhe confere o status de expert em gestão pública e privada, nos campos da educação, arquitetura, urbanismo, administração, turismo e eventos.

 

Com quase cinco décadas de bons serviços prestados ao turismo brasileiro (confira aqui o perfil completo), foi a primeira titular da Secretária de Turismo do Estado do Ceará (1995-2000), pasta criada no ano de 1995, em que priorizou em sua gestão o segmento de Eventos, como setor estratégico para as relações públicas e privadas do marketing e da comunicação do Destino Ceará. No período, ações bastante diversificadas foram implementadas sob sua orientação e coordenação.

 

SECRETARIA DO TURISMO DO ESTADO DO CEARÁ (1995-2000)

Durante sua gestão à frente SETUR-CE, implementou ações em diversas áreas: Planejamento e Programas Estratégicos, Política Pública, Gestão Institucional, Programas de Investimento com recursos Internacionais-PRODETUR, Regionalização do Turismo, Parcerias e Alianças, Protocolos e Parcerias Nacionais e Internacionais, Infraestrutura e equipamentos Turísticos, Marketing dos Destinos, Comunicação, Qualificação Profissional, Pesquisas para Monitoramento e Avaliação dos produtos, mercados e destinos.

Destaque para o setor de Eventos: Com a criação da SETUR-CE, e Anya Ribeiro sendo sua primeira gestora, assumiu a responsabilidade de definir, estruturar e implementar as diretrizes que norteariam os trabalhos da nova pasta. Neste sentido, o setor de Eventos teve importância estratégica para as relações públicas e privadas do marketing e da comunicação do Destino Ceará.

Ações bastante diversificadas foram realizadas sob sua orientação e coordenação.

 

MINISTÉRIO DO TURISMO (2003 a 2007)

No ano de 2003, assumiu como diretora de planejamento e avaliação do Ministério do Turismo (2003-2007), onde desenvolveu diversas ações, tais como Políticas Públicas, Planejamento, Gestão Institucional Descentralizada, Conselho Nacional do Turismo – Entidades Nacionais, Sistema de Monitoramento e Avaliação do PNT, Alianças e Parcerias, Estruturação de Governanças para o Turismo Macrorregional com organização de agências.

 

AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO CEARÁ (2019 – 2020)

Desde 2019 atua como presidente da Câmara Setorial de Turismo e Eventos do Ceará.

Sua atuação na Câmara Setorial inclui coordenar e articular ações de Integração de Políticas Públicas com o Turismo e Eventos; Gestão de Alianças e Parcerias entre cadeias dos setores produtivos do Ceará, com o Turismo e Eventos; Desenvolvimento de Articulações e Cooperações dos setores de Turismo e Eventos com as Secretarias Estaduais, Câmaras Setoriais e Entidades Empresariais; Fortalecimento, Descentralização e Regionalização das Organizações do Turismo e Eventos no Estado; Aproximação das Instituições de Ensino Superior com o Mercado através das Entidades do Turismo e Eventos.

 

QUATRO DÉCADAS DE ATUAÇÃO PELO TURISMO E EVENTOS

 

Desde 1972, quando assumiu seu primeiro cargo público na Prefeitura de Fortaleza, Anya Ribeiro de Carvalho emprestou dedicação, conhecimento e energia para o setor de eventos e turismo do Ceará e do Brasil, conforme se pode verificar de sua extensa folha de serviços prestados abaixo.

 

Comissão de Turismo Integrado Do Nordeste (1998/2000)

Cargo: Vice Presidente

Atuação: Coparticipação da gestão em apoio ao Presidente e Secretário Executivo nos processos e projetos decididos pelo colegiado constituído pelos Secretários de Secretarias Estaduais e Presidentes de Empresas de Turismo dos estados do Nordeste.

 

JG Participações (1983-1989)

Cargo: Coordenadora Técnica JG Participações – Projeto Porto das Dunas Beach Park (1983 – 1989).

Atuação: Coordenação da equipe de acompanhamento Turístico Urbanístico, realizando análise e parecer técnico das demandas de intervenção, construção e aprovação, em cumprimento à lei de uso e ocupação do solo do território compreendido pelo projeto Urbanístico Turístico da área do Porto das Dunas-Beach Park, Etapas I, II, III e IV.

 

Prefeitura Municipal de Fortaleza (1972-1976)

Cargos: Assessora de Projetos Especiais (1972); Assessora Técnica do Gabinete do Prefeito Vicente Fialho (1973); arquiteta e Diretora do Departamento de Planejamento Integrado da Coordenadoria de Desenvolvimento Urbano (1973); Diretora Departamento Planejamento Urbanístico da Coordenadoria de Desenvolvimento Urbano/ (1976).


Universidade Federal do Ceará (1973-1977)

Cargo: Concursada em 1º lugar para docência nas disciplinas de Planejamento Urbano e Regional do Curso de Arquitetura e Urbanismo.


ARC Consultoria Empresarial (1979 a 2020)

Cargo: Sócia-Diretora Responsável Técnica

Serviços de Consultoria Relevantes no Ceará

 

Além dos cargos exercidos na iniciativa pública e privada formalmente, Anya Ribeiro tem um vasto currículo de consultorias e pesquisas desenvolvidos para o poder público, empresas privadas e entidades associativas.

 

 

CONSULTORIAS REGIONAIS

Fundação Associação FASTEF-CE (2018)

Diagnóstico Qualitativo do Setorial do Turismo para o Estado do Ceará, retrospectivo ao período 1987/2017, tendo como referência as dimensões territorial, social, econômica, institucional e ambiental para o projeto “Plataforma – Ceará 2050”.

 

Personal Consultoria (2015)

Plano de Negócios para o “Geopark Araripe”- CARIRI/CE com proposta de posicionamento estratégico do equipamento como âncora do Destino Turístico da região do Cariri, incluindo Planos de Marketing e do Desenvolvimento territorial para o turismo dos Municípios do Cariri, Ceará.


Associação dos Hotéis e Pousadas do Município do Trairi (2009)

Programa de Estruturação e Qualificação do Turismo com Foco no Segmento de Negócios e Eventos – PEQ Turismo Trairi.

 

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE/CE (2008)

Objetivo do Serviço: Projeto Cidade Referência –Jericoacoara

 

Destino Turístico no Segmento de Sol e Praia (2008)

Criação da Agência de Desenvolvimento do Turismo do Distrito de Jericoacoara/CE – ADETUR.

 

Secretaria de Planejamento do Estado do Ceará

SEPLAN/IPLAN-CE (1992/1994)

PRODETUR/CE – Programa Regional de Infraestrutura de Obras Múltiplas e Fortalecimento Institucional para a Região do Litoral Oeste de Fortaleza, financiado pelo BID.

 

PRODETURIS/CE (1989/1990)

Programa de Desenvolvimento do Território Litorâneo, Área Prioritária de 573 km de costa integrando 23 municípios- sistemas ambientais, viário, transportes, saneamento, energia, comunicação e turismo.

 

PROURB/CE (1994)

Estudo de Implementação da 1ª fase do Projeto PROURB/CE – Planejamento para Ordenamento de Áreas Turísticas em 40 cidades de porte médio do Ceará.

 

J.G. Empreendimentos e Participação (1983 a 1990)

Plano Turístico e Urbanístico da Praia do Porto das Dunas / Bech Park, município de Aquiraz/CE, área de 1.600 hectares – Ordenamento Territorial e Turístico do Complexo Beach Park; Controle Urbanístico em parceria da J.G./Prefeitura Municipal de Aquiraz.

 

 

CONSULTORIAS NACIONAIS

Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (2008)

Diagnóstico da Espacialização de 200 municípios do Brasil, territórios base dos

 

Destinos Turísticos Âncoras para o Desenvolvimento Regional do Turismo Nacional (2008)

Definição de Indicadores, Condições Necessárias e instrumentos referenciais para o Ordenamento de Destinos Turísticos Regionais em suporte à malha aérea regional para o desenvolvimento descentralizado da atividade sustentável do turismo no país.

 

Associação Brasileira de Centros de Convenções e Feiras (2009)

Diagnóstico para o Ordenamento e Estruturação do Desenvolvimento Turístico do Município de São Bernardo do Campo / SP com foco no setor de eventos.

 

Associação Cearense do Turismo no Espaço Rural e Natural – ACETER (2002)

Projeto Europa das Tradições – Uma Visão Transatlântica.

 

Federação da Universidade Federal do Paraná / FUNPAR  (2002)

Plano de Manejo Turístico do Parque Estadual de Vila Velha – Paraná.

 

Fundação Comissão do Turismo Integrado do NE – CTI/NE (2003)

Planejamento Estratégico da Fundação CTI/NE e 1ª Missão Empresarial do Nordeste ao Turismo no Espaço Rural e Natural de Portugal.

 

Ministério da Ciência e Tecnologia – MCT Agência Espacial Brasileira – AEB / PNUD (2002-2003)

Planejamento Regional da Baixada Maranhense focado no portão de entrada da aéreo, município de Alcântara / criação dos Roteiros Turísticos de Alcântara.

 

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE/RN (2001-2002)

Planejamento Estratégico para Interiorizar e Descentralizar o Desenvolvimento do Espaço Territorial Regional do RN na vertente da Economia e Indústria do Turismo.

 

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE-PB (2001-2002)

Planejamento Estratégico para Descentralizar o Desenvolvimento do Territorial Regional na vertente da Economia e Indústria do Turismo dos Municípios da Paraíba.

 

Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo do Maranhão – MARATUR (1992)

PRODETUR/MA – Planejamento Regional da Região do Litoral do Maranhão, para candidatura do Estado ao PRODETUR/NE, financiado pelo BID.

 

PROTURIS/MA (1994)

Planejamento Regional do Litoral do Maranhão.

 

 

CADEIRA nº 13 – ACADÊMICO FUNDADOR

 

PAULO RENATO GAUDENZI

Paulo Renato Dantas Gaudenzi foi um 15 membros fundadores da Academia Brasileira de Eventos e Turismo no ano de 2006, e Acadêmico Fundador da Cadeira nº 13, e tomou posse na Cerimônia de Fundação da Academia no dia 19 de fevereiro de 2006, em São Paulo. A Cerimônia de Posse foi comandada pelo primeiro presidente da Academia Brasileira de Eventos e Turismo, José Rafael Guagliardi. Gaudenzi tomou posse ao lado dos outros quatorze membros fundadores da instituição.

 

Uma das figuras mais marcantes, conhecidas e queridas do turismo brasileiro, foi secretário de Turismo da Bahia no período 1979/2005. Personagem singular, apaixonado pelo turismo, com propostas originais, Paulo Renato Dantas Gaudenzi mudou o turismo e criou um novo modelo de gestão na cultura do Estado da Bahia. Isso nos anos 70.

 

Nascido em Salvador, Gaudenzi construiu sua trajetória aos poucos. Operário do Turismo – titulo de seu livro sobre turismo – inicialmente formou-se em economia pela Universidade Católica de Salvador, com licenciatura em história.

 

Em 1971, com Antonio Carlos Magalhães a frente do Governo da Bahia, Paulo Gaudenzi começou o trabalho em prol do desenvolvimento e consolidação do destino Bahia, com a implantação de hotéis, centro de convenções, investimento e infraestrutura, saneamento básico e construção de estradas.

 

Trabalhou como secretário de Turismo até 2005, com diversos governadores, como Antonio Carlos Magalhães, Paulo Souto e Cesar Borges.

 

Os resultados da gestão de Gaudenzi estão espalhados por todo o Estado, que oferece dezenas de produtos turísticos diferentes nas prateleiras das agências de viagens do mundo, com opções para todos os gostos, desde o turismo de sol e praia, até o cultural, passando pelo ecoturismo, esportes radicais, aventura e evento.

 

Foi homenageado pelo trade de Eventos e Turismo em 2007 com o Grand Prix Prêmio Caio. Em sua Edição 47, a Revista Eventos publicou um perfil completo da trajetória de Paulo Gaudenzi. No ano anterior, em sua posse na Academia Brasileira de Eventos e Turismo, afirmou: “continuarei vindo a São Paulo para as reuniões do Colégio Acadêmico e me engajando para contribuir com o setor. Pretendo proferir palestras, escrever livros e atuar como consultor em todo país, principalmente em Salvador e São Paulo”. E assim foi.

 

Paulo Gaudenzi faleceu no dia 04 de fevereiro de 2019.

 

Texto publicado no Portal Eventos, em 14 de fevereiro de 2019, assinado pelo acadêmico Sergio Junqueira Arantes