Chieko Aoki

CHIEKO AOKI – CADEIRA 07

Data da posse: 17 de fevereiro de 2006

Começou a sua carreira em um ambiente de trabalho dominado por homens, no qual conseguiu o seu espaço com feminilidade, que julga ser uma das essências da mulher.

Formada em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), com cursos em Administração na Universidade de Sofia, em Tóquio, e de Administração Hoteleira na Cornell University, nos Estados Unidos, a Sra. Aoki, como é carinhosamente chamada por funcionários e empresários, fundou a Blue Tree Hotels em 1996.

A Dama da Hotelaria Brasileira é reconhecida como mulher inovadora e talentosa, o que lhe confere reconhecimento como benchmark em excelência em hospitalidade no setor. Tem como missão consolidar a rede como a mais conceituada operadora brasileira de hotéis pelo seu estilo de hospitalidade, trabalho com a equipe e resultado da administração hoteleira.

Ao longo de sua carreira, a Sra. Aoki transformou a Blue Tree Hotels em uma das mais importantes redes hoteleiras do país – atualmente com 22 hotéis em operação e outros 14 contratos assinados.

Iniciou sua atuação em 1982 como diretora de marketing e de vendas do Caesar Park São Paulo e chegou a Presidente da Caesar Park Hotels & Resorts e da mais antiga e tradicional companhia hoteleira dos Estados Unidos, a Westin Hotels & Resorts.

Em 2006 foi eleita presidente do LIDEM – Grupo de Mulheres Líderes Empresariais e passou a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Marketing, entidade criada para integrar os melhores profissionais brasileiros.

Em 2013, foi classificada pela revista norte-americana Forbes como “a segunda mulher de negócios mais poderosa do Brasil” e escolhida pelo jornal Valor Econômico dentre as melhores executivas brasileiras.

Chieko participa de diversas organizações de âmbito privado e governamental, como o Conselho de Empresários da América Latina (CEAL), Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), grupo Brasil-Japão da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Associação do Centenário da Imigração Japonesa e de várias entidades ligadas ao turismo.

Foi eleita três vezes, por voto popular, para receber o Grand Prix Prêmio Caio (2010, 2016 e 2017), e integra o Conselho Diretor do Prêmio Caio como Hours Concourt.

Chieko Aoki também gosta de colaborar com o fortalecimento dos laços de amizade, negócios e de cultura entre os países, principalmente entre Brasil e Japão, que conhece bem como o “verso e reverso” pelas diferenças culturais e que se complementam como uma só. Ela participa ainda de grupos de mulheres executivas com o objetivo de aprender e de trocar experiências.